terça-feira, 11 de novembro de 2014

As várias razões que motivaram e motivam manifestações antes e terminadas as eleições em verdade tem - VI


Capítulo 6º

Durante o segundo mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), uma grave crise econômica acometeu o Brasil . Iniciando-se logo após as eleições de 1998 como uma crise cambial, ela resultou em queda na taxa de crescimento, desemprego e aumento da dívida pública. Numa conjuntura de desconfiança e incerteza para investimentos, muitos investidores temiam as medidas a serem tomadas por um candidato de esquerda caso este viesse a ganhar a eleição.

 De fato, aconteceu de Lula (PT) ascender nas pesquisas de intenção de voto e o chamado risco Brasil, índice que mede a confiança dos investidores no país, subir.

 Foi adotado então por alguns economistas e comentaristas políticos o termo pejorativo "risco Lula", indicando que se este candidato viesse a ganhar a eleição, a economia do país poderia falir.

 Lula viu-se obrigado a assinar um texto, que ficou conhecido como Carta aos Brasileiros, prometendo que, caso ganhasse a disputa, não tomaria medidas que representassem grandes mudanças na política econômica brasileira, o que decepcionou setores da esquerda brasileira (Wikipédia)

No primeiro turno o resultado das eleições apresentaram os seguintes dados: (Em 6/10/2002)
Lula 39.455.233 votos, equivalente a 46,44%
José Serra 19.705.445 votos,equivalente a 23,19%
Garotinho 15.180.097 votos,equivalente a 17,86%
Ciro Gomes 10.170.882 votos,equivalente a 11,97%
José Maria 402.236 votos ,equivalente a 0,47%
Rui Pimenta 38.619 votos,equivalente a 0,04%

(Em 37/10/2002)

E deu 2º Turno, onde Lula se consagrou Presidente do Brasil,com  os seguintes resultados finais:
Lula 52.793.364 votos,equivalente a 61,27% (ganhou em 25 estados e Distrito Federal,só perdendo em Alagoas)
Serra 33.370.739 votos,equivalente a 38,72%.

Quando da diplomação Lula  teve a oportunidade de responder " E eu, que durante tantas vezes fui acusado de não ter um diploma superior, ganho meu primeiro diploma, o diploma de presidente da República de meu país".

Lula derrotou em 2002 o candidato apoiado pela situação, encabeçada por FHC, o ex-ministro da Saúde e então Senador por São Paulo,o Sr José Serra do PSDB.
É verdade  que o segundo mandato de FHC  fortaleceram a posição eleitoral de Lula, levando em conta o baixo crescimento, as várias deficiências administrativas e as crises internacionais,como também Lula foi fortalecido pela presença de seu Vice  o Senador mineiro José Alencar do PL,aliado do PT nesse pleito.
Nos capítulos futuros tocaremos ligeiramente na polemica  acontecida a respeito de ações de Serra no Ministério da Saúde.

Um comentário:

Daniel Barreto disse...

Tô só repassando, Wilson... o 'zapzap' está na ativa!
kkkk.
Abraço!